Segunda-Feira, 18 de Setembro de 2017 às 09:21

'Por ciúmes e cachaça': Mulher acusa marido de agressão

Polícia Militar prendeu neste domingo (17) um jovem de 23 anos suspeito de agredir a esposa, de 39, com arrastões, enforcamento e golpes na cabeça. Por crise de ciúmes, ele tentou impedir a entrada da mulher na residência onde moravam. 

Segundo a vítima, na noite de sábado (16) os dois bebiam juntos na residência. Em determinado momento eles discutiram e, após uma crise de ciúmes do marido, começaram as agressões.

“Ele me trancou dentro de casa e começou a me enforcar. Me arrastou para o banheiro onde bateu na minha cabeça com muita força. Não satisfeito, me arrastou para a cama e continuou me enforcando”, narra, citando que as agressões ocorreram no sábado. "Motivadas por ciúmes e cachaça", afirma.

Conforme a esposa, ela conseguiu fugir do marido e se trancou no banheiro onde permaneceu até que ele dormisse.

“Saí de casa e fui fazer curativo na minha cabeça e pescoço. Depois entrei em contato com ele para buscar minhas coisas, mas ele abria a porta, me deixando do lado de fora. Dormi na casa da vizinha”, revela. 

No domingo a vítima voltou para casa e pediu que o marido fosse embora. “Ele afirmou que não iria sair. Liguei para meu filho vir me buscar. Ele ligou para a Polícia Militar para nos ajudar. Pegar a chave, minhas coisas e colocar ele fora de casa”, conta a esposa ainda abalada.

Ela disse que não esperava encontrar o marido na residência quando os policiais chegaram ao local.

“Por surpresa, ele estava em frente ao imóvel”, diz, acrescentando que foi medicada após a agressão. “Estávamos juntos há um ano. Esta é a primeira vez que ele me agrediu”, complementa. 

O suspeito foi detido e levado para a Central de Flagrantes, no 5º Distrito Policial, para prestar depoimento.

De acordo com o delegado Jorge Nepomuceno, que investiga o caso, o marido negou a autoria do crime e disse que houve apenas uma discussão verbal com a esposa.

Nepomuceno  disse que o homem vai passar por audiência de custódia, já que foi autuado em flagrante pelo crime de lesão corporal por violência doméstica.

A esposa deve representar criminalmente contra o marido.

Tag's: Surra, agressão, esposa, maria da penha

Fonte: G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADES