Sexta-Feira, 22 de Setembro de 2017 às 22:42

CORRUPÇÃO: MPC abre investigação para apurar fraudes em prefeitura

O Ministério Público de Contas informou nesta sexta-feira (22) que abriu investigação para apurar denúncias de contratação irregular de servidores e fraudes em licitações na prefeitura de Pacaraima, ao Norte de Roraima.

Por telefone, o prefeito de Pacaraima, Juliano Torquato (PRB), disse que está a disposição das investigações e que "atua de maneira transparente com o dinheiro público".

Na quarta (20) uma equipe técnica do MPC recolheu na sede da prefeitura de Pacaraima várias processos processos referentes a aquisição de consumo, compra de pneus, medicamentos, alimentos e materiais de limpeza, contratação de pessoas físicas ou jurídicas para assessoria de engenharia civil, contratação de empresas para serviço de limpeza urbana e execução de vias públicas, locação de máquinas, locação de sistema contábil, aquisição de faixas e banners, além da locação de imóveis da secretaria de saúde e Caps.

Além disso, as equipes recolheram ainda as folhas de frequência e a lista com nome dos servidores municipais.

De acordo com o MPC, o Procedimento Investigatório Preliminar (PIP) foi instaurado a partir de uma denúncia anônima onde constam acusações de contratação irregular de servidores, licitações realizadas em desacordo com a Lei das licitações, aplicação ilegal de recursos, dilapidação do patrimônio público, além da ausência de médicos e medicamentos para atender à população.

Segundo o procurador Paulo Sousa, todas as denúncias serão apuradas com rigor. “Defender o erário público é nossa missão. Por isso, todos os documentos recolhidos serão muito bem analisados e, imediatamente, as providências serão tomadas, caso sejam apuradas como verdadeiras as denúncias iniciais”, disse.

Tag's: fraude, prefeitura, currupção

Fonte: G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADES