Domingo, 16 de Julho de 2017 às 12:04

Pará tem quase 2 mil assassinatos no primeiro semestre

Nem mesmo se somássemos o número de vítimas que morreram em atentados terroristas na Europa este ano, chegaríamos a um total estratosférico como são os números da violência no Estado do Pará onde 1.975 homicídios foram registrados, no período de janeiro a junho de 2017. Este total equivale a uma média de 329,16 assassinatos por mês – o que resulta em 11 homicídios por dia, no território paraense. Os dados são do Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp).

 Se compararmos o primeiro semestre deste ano com o primeiro semestre de 2016, chega-se a conclusão que o número de homicídios no Pará aumentou em 11,24%. Em números mais específicos, entre janeiro e junho deste ano já mataram 222 pessoas a mais que o mesmo período do ano passado, quando 1.753 homicídios foram registrados.

MESES RECORDISTAS

O mês de abril foi o que mais teve homicídios, este ano, com 360 casos registrados. Janeiro foram 358 assassinatos – sendo que deste total, 25 mortes violentas se deram no intervalo de aproximadamente 24 horas depois da morte do policial militar Rafael da Silva, da Ronda Tática Metropolitana (Rotam).

Em maio, no qual dez trabalhadores rurais foram executados em Pau D’Arco, foram registrados 347 homicídios, no Pará. A chacina de Pau d’Arco ainda está sendo investigada e, nesta semana que passou, 13 policiais foram presos acusados de envolvimento no caso. Ainda não foram divulgados os dados de homicídios registrados na primeira quinzena deste mês de julho. No entanto, a considerar pelo histórico de homicídios no Pará geralmente nos meses de julho e agosto os números tendem a diminuir, segundo os especialistas.

Tag's: Pará, Justiça, Polícia

Fonte: DOL

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADES