Sexta-Feira, 08 de Setembro de 2017 às 16:36

Homem é assassinado a tiros no Parque Anhanguera

Policiais do 3º BPM atenderam a uma ocorrência por volta de 40 minutos dessa sexta-feira, 1º, na Avenida Perimetral Castelo Branco, Parque Anhanguera, em Imperatriz. No local foi encontrado o corpo de Jeso Alencar de Sousa, 36 anos, assassinado a tiros, se constituindo no primeiro homicídio de setembro e o de número 73 de janeiro até agora. 

O caso foi registrado na Delegacia Regional de Polícia Civil e na segunda-feira será repassado à Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa para ser investigado.

Jeso Alencar de Sousa tinha passagens pela polícia acusado de ser o autor do assassinato do vendedor autônomo Werly Luciano Oliveira, fato ocorrido em junho de 2014. Na ocasião, o corpo de Werly, que tinha 24 anos, foi encontrado nos trilhos da Ferrovia Norte/Sul e, segundo o que foi apurado, tinha sido deixado no local por Jeso Alencar, que usou um carrinho de mão para a desova. Ele também era acusado de outro homicídio na cidade de Rondon do Pará.

Segundo o delegado Eduardo Galvão, titular da Delegacia Regional de Imperatriz, ultimamente Jeso estava envolvido com o tráfico de droga, e por isso a linha de investigação a seguir é a de acerto de contas devido ao tráfico. “A motivação pode ter sido por acerto de contas por dívida ou disputa por ponto de venda de drogas”, avaliou o delegado Galvão.

A Polícia Civil ainda não tem pista para chegar ao matador ou matadores de Jeso Alencar. O corpo deu entrada no Instituto Médico Legal por volta de 2h30 dessa sexta-feira, e no início da tarde foi liberado para familiares.

Tag's: homicídio, homem, delgacia

Fonte: G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADES