Segunda-Feira, 04 de Dezembro de 2017 às 08:35

Mais de 1.700 cirurgias eletivas na fila de espera do SUS no Maranhão

Levantamento realizado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) apontou que, no Maranhão, 1.789 cirurgias eletivas estão pendentes pelo Sistema Único de Saúde (SUS). No Brasil, o número chega a 904 mil procedimentos na lista de espera, levando em conta dados coletados até junho deste ano, referentes a 16 estados e dez capitais.

O Maranhão é terceiro estado onde há menos cirurgias eletivas (que não são de urgência ou emergência) entre as unidades federativas analisadas no levantamento, ficando atrás apenas do Rio Grande do Norte (1.315) e Bahia (1.234).

No estado, a principal demanda é de cirurgias na vesícula, com 635 solicitações. As cirurgias de hérnia, catarata e varizes também estão entre os principais procedimentos requeridos pela população brasileira.

Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informou que desde maio adotou o sistema de lista única para organizar a rede de saúde e diminuir a fila de espera. O novo sistema, segundo o ministério, centraliza as demandas em um único cadastro e amplia as possibilidades de atendimento dos pacientes para outros hospitais de sua região.

De acordo com o levantamento do CFM, o Sistema Único de Saúde realizou no ano passado mais de 1,5 milhão de cirurgias eletivas – número inferior, comparado aos anos de 2015, com 1,7, e 2014, com 1,8 milhão de cirurgia.

Falta de dados

O Conselho Federal de Medicina solicitou, através do Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-Sic), os números referentes às listas de espera das cirurgias eletivas de cada estado e capital do Brasil. Sete estados e oito capitais não enviaram informações, negando o repasse dos dados ou alegando não tê-los. A capital maranhense não atendeu o pedido do CFM.

Tag's: Maranhão, SUS, Ministério da Saúde

Fonte: O Imparcial

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADES